domingo, 7 de janeiro de 2007


Datas comemorativas dizem muita para mim.O reveillon sussura vigor, gracejo, olhos fechados para receber algo bom, nem que seja esse zelo que todos começam a partipar, a corrente do bem, UNIVERSAL! Gosto dos gostos, do cheio de alegria, essa comoçao que faz com que todos desejem feliz "ano novo" até ter visto à todos. Trocas experiências do que viveram, alegrar-se pelas coisas miudas, agradecer a existência.
Este ano, meu foco será a sobrevivência. Testarei meus limites(novamente) novos desafios que nutrem a ESPERANÇA, outra nota doce que escolhi para 2007.
Garanto que comecei bem, com notícias revigorantes. Claro, a vida não tranformou-se à meia-noite, mas é essencial deixar-se levar pelo espírito da crença. Crer que boas coisas, boas pessoas, grandes descobertas podem fazer parte da micelanea de mais de 300 dias de vida à divisar, reconhecer, tirar o chapéu e saborear-se.

4 comentários:

Jessiquinhalia disse...

meu ano de 2006 foi de sobrevivencia... n eh mt agradavel passar um ano inteiro tentando sobreviver n.. esse ano de 2007 quero concretizar alguns planos q estou correndo a uns 4 anos, tipo, formatura, emprego.. blablabla...

entao, feliz 2007!!!

;]

:***

Anucha Melo disse...

lindinha... que seu ano seja de vida, muita vida nova e cheia deamor, claro. ah, mas isso vc tem, né? bj

Claudinha disse...

Vejamos se consigo dessa vez comentar aqui... já estive no post passado, mas o blogger nem me aceitou...rsrsrsr... mas sou persistente... e não desanimo!!! Amadinha, que teu 2007 seja SIM um ano de renovação, Esperança e superação... todos os desejos realizem e que outros tantos sejam acrescidos para impulsiona-la sempre adiante... lágrimas virão, é inevitável, but... que com elas venha também a compreensão... deixo muitos beijos e todas as energias boas a emanar aqui no teu espaço....

karla jandyra disse...

Esperança é fundamental na vida e essa crença de que o ano q se inicia será melhor já faz parte de nossas vidas e concordo q não devemos deixar esse espírito morrer, até pq qdo estamos ainda extasiados com toda essa fé, realmente coisas boas nos acontecem, mas é só chegar o primeiro desafio, que mandamos toda a fé p/ o espaço e voltamos à nossa chata vida real. Lamentável né? Devíamos passar esses 365 dias crendo, enfim... vamos ter fé eqto é possível... bjim